Preservando a saúde das unhas | Onodera Curitiba
Agende sua
avaliação
Chame pelo
Whatsapp
Conheça as
unidades

Blog

As unhas humanas são compostas basicamente de queratina, um tipo de proteína que também se encontra nos cabelos e pele. Elas crescem cerca de um milímetro por dia e necessitam de consumo de proteínas, cálcio e vitamina A para que seu crescimento seja forte e saudável.

O esmalte é o vilão?

Algumas mulheres começam a desenvolver problemas nas unhas devido ao uso contínuo de esmaltes. Porém, esse dano realmente é verdadeiro? Sim, alguns dermatologistas explicam que as unhas têm função apenas de proteger as pontas dos dedos das mãos e dos pés. Na realidade, os problemas não ocorrem porque o esmalte evita que as unhas “respirem”, mas que seu uso excessivo não permite que haja um tempo de descanso em relação às toxinas presentes na composição química dos esmaltes. Assim, as unhas se tornam fracas, quebradiças e muitas vezes propensas ao desenvolvimento de fungos.

Especialistas também dizem que basta um dia ou dois de intervalo entre uma esmaltação e outra. Portanto, a dica é retirar o esmalte um ou dois dias antes de visitar sua manicure, não havendo necessidade de ficar muito tempo sem fazê-las.

onodera-unhas2

Controle-se na frequência

Dermatologistas também recomendam que não fique retirando e colocando esmalte com muita frequência, pois o uso excessivo de acetona ou removedor deixa as unhas muito secas. O ideal é deixar o esmalte por uma média de cinco dias antes de trocar de cor. Controle-se na hora de testar as muitas cores que surgem a cada nova tendência. Recomenda-se, também, o uso de hidratantes específicos para as mãos, unhas e cutículas diariamente, pois são grandes aliados para a preservação da saúde das unhas.